18
Dez 10

Iluminações de Natal em Faro

 

ILUMINAÇÕES DE NATAL EM FARO

 

 

FOTOS DA NET

 

F E L I Z   N A T A L    PARA SI E SUA FAMILIA

 

DESEJA MARIA ROBERTSON

 

 

A riqueza, como uma árvore, cresce a partir de uma simples semente. A primeira moeda de cobre que economizar será a semente a partir da qual sua árvore da riqueza crescerá. Quanto mais cedo plantá-la, mais cedo a árvore crescerá. E quanto mais fielmente alimentar e regar essa árvore com economias constantes, logo chegará o dia em que poderá abrigar-se em pleno contentamento embaixo de sua sombra.

 
George S. Clason do livro "O homem mais rico da Babilônia"

 

Certamente é uma lei dos deuses que, para aquele que poupa e não gasta uma determinada parte de seus ganhos, o dinheiro virá mais facilmente. De modo curioso, ele costuma evitar aquele cuja bolsa se mantém sistematicamente vazia.

 
George S. Clason do livro "O homem mais rico da Babilônia"

 

 

A primeira coisa que devemos fazer antes de pensar em prosperidade é evitar comentários negativos em relação ao próximo, se policiar rigorosamente em não deixar passar o mínimo de inveja e pensamentos de crítica às pessoas que conseguiram evoluir na vida material.

 

Fausto Oliveira do livro "Os segredos da Prosperidade"

 

 

Se você persistir em falar e em pensar sobre prosperidade e êxito, não haverá forças no céu ou na terra que impedirão que você seja bem sucedido.


Catherine Ponder do livro "Leis dinâmicas da prosperidade"

 

Se você pensa no dinheiro de maneira favorável, você irá multiplicá-lo e reforçá-lo em seu próprio ser, ao passo que se você critica ou condena o seu ou o dinheiro dos outros, você irá dispersá-lo ou repeli-lo.


Catherine Ponder do livro “Leis dinâmicas da prosperidade

publicado por Maria às 21:56

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
16
17

20
21
22
23
24
25

26
28
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO