31
Mar 12

 

 

 

Você vive  só para ganhar dinheiro? Parece que ele sempre voa? É sempre pouco? Nunca chega? Nem sobra? Tem medo que ele falte? É pobre?

Você Ama o seu trabalho? É feliz com o seu negócio? Gosta do seu emprego? Ganha bem? Ganha muito dinheiro? É rico? É rica?

 

Muitas pessoas vivem com pouco dinheiro! Você AMA o seu trabalho! E fáz Milagres com o dinheiro!
Nos precisamos ter dinheiro para viver uma vida calma, tranquila! Desafogada na familia e na sociedade. Nós precisamos das necessidades preenchidas! O dinheiro é um simbolo de troca! O nosso pensamento, os nossos sentimentos, as nossas palavras, as nossas emoções devem ser equilibradas e devem estar em harmonia com o dinheiro. Nós damos o nosso tempo, dons, talentos no nosso trabalho, (emprego), e recebemos em troca o dinheiro! Você deve ligar o dinheiro ao seu trabalho! É uma troca! TRABALHA! GANHA DINHEIRO! 
Há vários tipos de trabalho, você deve escolher aquele que mais tem a ver consigo, nem sempre a pessoa trabalha no que gosta, mas se isso acontece assim, deve mudar, o mais breve possivel, porque não gosta do trabalho, não trabalh de vontade, e é mais duro para a pessoa. A sua emoção e atitude em relação ao dinheiro fica péssima, vá a uma loja fazer compras, feliz e encontra uma empregada de má vontade, porque não gosta do que fáz, a sua felicidade é tocada, pela frustação dessa empregada, ou ela muda, ou você sai correndo porta a fora! UFFF! E vai a outra loja...!

A pessoa que vive assim frustada, não tem uma boa relação com o dinheiro, nem uma boa atitude com o dinheiro! A nível subconsciente quer gastar tudo e se ver livre desse dinheiro que foi ganho com frustação, canseira, enfado, e tristeza! Por outro lado a pessoa que trabalha no que gosta, se está numa loja, se está em vendas de qualquer  ARTIGO, mas, gosta do que fáz até dá gosto comprar coisas  aessa pessoa, até compramos por PRAZER sem necessidade do artigo por exemplo: um vestido! Sapatos, mala, jeans, etc. Essa pessoa que vende com prazer no seu trabalho, emite uma energia muito boa, que uma pessoa quer voltar lá sempre. Essas pessoas que AMAM o que fazem! São amáveis, dedicadas, educadas, prestam um bom serviço! Elas têm uma boa ATITUDE COM O DINHEIRO! Sabem ganhá-lo e sabem gerir muito bem! A palavra poupar não existe, porque elas são boas gestoras, melhores que muitos economistas intectuais, que sabem muito, mas têm muito que aprender com essas pessoas!
Nós devemos aprender o valor do dinheiro, e o valor do trabalho, o valor dos nossos talentos e dos nossos dons! Amar o nosso trabalho é muito importante! O dinheiro é pura recompensa do nosso trabalho, e dos nossos talentos e dons que empregamos no nosso trabalho. Então sentimos muita satisfação quando recebemos o nosso dinheiro!

 

 

AUTORA MARIA ROBERTSON

publicado por Maria às 23:19

25
Mar 12

 

O dinheiro é um simbolo de troca!

 

MARIA ROBERTSON

 

Brad pitt e a Angelina jolie 

 

www.jardimderealizacoes.com.br/dinheiro-e-felicidade.htm

 

DINHEIRO E FELICIDADE

 

Neste artigo vamos falar sobre uma questão polêmica: dinheiro e felicidade. Existe um ditado que fala “dinheiro não traz felicidade”, e aqui neste artigo vou explicar porque as pessoas que acreditam nisso, na maioria das vezes, não têm dinheiro em abundância, ou não se sentem felizes com o que possuem.

Dinheiro, ou qualquer outro símbolo de riqueza ou prosperidade, não tem o poder de nos fazer feliz. Esse poder é nosso. É a maneira como vinculamos nossa felicidade a estes símbolos, que dá a eles poder de influência em nosso estado emocional e, conseqüentemente, em nossa vida.

Para os que acreditam que “dinheiro não traz felicidade”, o símbolo do dinheiro representa coisas como manipulação, ganância, abuso de poder, exploração e tudo mais que leve a um estado de escravidão e subserviência. O que eles não percebem é que não é o dinheiro que faz algumas pessoas que o possuem em abundância se tornarem gananciosas, controladoras, exploradoras, etc. Elas é que são assim, tendo dinheiro ou não.

O dinheiro é apenas o veículo que usam para expressar essas atitudes. Se não tivessem dinheiro, essas mesmas pessoas, iriam encontrar outros meios para expressar esses sentimentos negativos. Meios esses, como manipulação emocional, imposição pela força física e uma série de outras formas, que, como seres pensantes e criativos, temos a nossa disposição.

Nossas experiências formam nossas crenças, e se as experiências de determinada pessoa com o dinheiro forem negativas, suas crenças em relação a esse símbolo também o serão. Por exemplo, se você ganha dinheiro realizando um trabalho que não gosta e se sente preso a esse trabalho porque precisa ganhar dinheiro, duas coisas devem estar acontecendo em seu mundo. Primeiro, não deve se sentir feliz; sua auto-estima, por ser obrigado a fazer alguma coisa que não quer, deve estar bastante abalada. Segundo, não deve possuir muito dinheiro, ou se possui não deve usufruir a felicidade que essa prosperidade pode lhe proporcionar.

O que acontece é que todo dinheiro que ganha com um trabalho que não gosta, simboliza, para você, todas as horas que passou não se sentindo feliz, fazendo algo que não lhe dava prazer. Então, como espera criar prazer e felicidade através de um símbolo de infelicidade e obrigação? Não é possível. E ai você gasta todo o dinheiro que ganha para se ver livre deste sentimento. Isso lhe dá prazer, porque você está se livrando do símbolo que gerou toda essa infelicidade e obrigação, e nesse momento você está no controle de sua vida. Você gasta porque pode; você exerce sua liberdade de escolher o que quer que faça parte de sua vida.

Acredito que tenha percebido que esse é um ciclo contínuo e vicioso, que o faz continuar trabalhando em algo que não lhe faz feliz, para que possa ter a felicidade de possuir aquilo que deseja. Além disso, essa atitude faz nascer outra crença limitante, a de que você só conquista algo “de valor” através de trabalho duro e de sofrimento.

É nesse ponto que a questão do “dinheiro não traz felicidade” se torna mais clara. É a maneira pela qual o dinheiro entra em sua vida que vai fazer você se sentir feliz ou não, e não o dinheiro em si. Se o dinheiro entra em sua vida através de um trabalho que lhe dá prazer e felicidade, você vai querer guardá-lo. Vai usá-lo para adquirir coisas que se tornem símbolos de felicidade e realização, e com isso se tornará cada vez mais feliz.

Por outro lado, se o dinheiro que possui vem da perda de uma pessoa amada, de um trabalho que não gosta, da venda de um objeto ou bem que lhe trazia memórias desagradáveis, é bem provável que não queira ficar com ele. E irá gastá-lo mais rápido do que imagina. E tudo aquilo que adquirir continuará lembrando a você essas mesmas emoções. Esse tipo de atitude fará você perpetuar esses sentimentos desagradáveis, relembrando a todas as pessoas de seu convívio a maneira pela qual adquiriu essas coisas.

São as famosas frases: “Essa casa foi adquirida através de muito sofrimento”, “Eu tive que me sacrificar muito pra que você tenha a vida e a educação que tem hoje”, “Eu abdiquei de minha vida por você” e muitas outras afirmações que propagam o sentimento vinculado a algum objeto ou realização.

Perceba, mais uma vez, que quando realiza ou adquire algo, é o sentimento associado que irá determinar a expansão ou a perda do que foi adquirido. Se essa conquista estiver associada a uma emoção agradável e feliz, ela se expandirá através de você e de todos os envolvidos. Se estiver associada a eventos considerados negativos, ela deixará de existir. Afinal ninguém gosta de se sentir infeliz.

Construir uma vida cultivando a felicidade, é o que importa. Não o dinheiro, os bens, os objetos. Eles são os símbolos daquilo que realizou durante a vida, e não um meio de determinar o nível de felicidade, realização e merecimento que você possui. Esse é um poder que é todo seu. Somente seu.

DICA : Existem maneiras de alterar a emoção vinculada a um símbolo. Para isso, você terá que alterar a percepção que tem de determinada coisa, como no exemplo acima. Se recebeu uma herança e isso o faz se sentir culpado por estar usufruindo de algo que não conquistou, use os bens da herança para criar algo positivo. Adquira uma casa, onde você e sua família passem momentos alegres e produtivos, abra um negócio que proporcione felicidade e bem estar a outras pessoas. Transmute a emoção e irá alterar o que cresce em sua vida. Expandindo essa felicidade, tornará o mundo mais feliz.

 

Copyright by Ricardo Costeira. Todos os direitos reservados. - Esse artigo em parte ou totalidade não pode ser usado sem a permissão por escrito do autor. Caso queira usá-lo em seu site ou blog, forneça o link para essa página.

publicado por Maria às 00:01

18
Mar 12

 

Gerir o dinheiro significa que a pessoa já sabe o que fáz e está determinada a fazê-lo da melhor maneira possível para o seu próprio bem estar e da sua família. Há uma maneira de gerir o seu dinheiro em gastos pessoais ou na sua empresa. Se é empresário é claro. Se é empregado terá que gerir o seu dinheiro que ganha com o seu ordenado ou salário, ou á hora, ou por serviços prestados.

          

         A Palavra "poupar" quer dizer reparar bem, nas compras que fáz, nos preços, ter atenção aos saldos, e promoções se vale o dinheiro que paga por isso. É de salientar que há coisas que se compram barato, depois dá-se a alguém ou não se usa mais...! Devemos pensar um pouco antes de fazermos compras.

          Tenha consigo uma pasta, onde guarda todas as facturas, e recibos, notas das despesas: Cafés, cigarros, revistas, etc. Numa folha de papel tipo MAPA: Escreva RECEITAS (ACTIVOS) e na outro lado da folha, ou noutra folha escreva despesas ( PASSIVOS).

 

          Tenha em conta a verificar o dinheiro que tem! No mapa ainda escreva quanto ganha por ano, por mês! Por semana! Por dia! Ou quanto ganha em extras...! Vá seguindo nos movimentos da conta, sempre que usa o cartão...! Gerir o dinheiro é um hábito muito bom para que possa ter uma vida mais tranquila.

 

         Procure sempre maneira honesta de ganhar dinheiro com os seus dons e talentos. Por exemplo ensinando coisas que você é mestra. Prestando serviços a familiares... Amigos... Ao Pai á mãe...! Descubra sempre uma maneira honesta de ganhar dineiro.

 

Ame o que fáz! Quando se trabalha com Amor! Paixão no que se faz! O trabalho não custa, parece uma brincadeira de crianças. É duro trabalhar para as pessoas que destestam o que fazem, e fazem tudo de má vontade! Essas pessoas são conhecidas em toda a parte. Transmitem essas frustações para as pessoas que contactam todos os dias. Procure um trabalho que AMA! Procure um emprego que AMA! Siga a sua Paixão pelo que faz e será notado por toda a gente! Encontrrá sempre sempre trabalho! Nunca ficará na lista de espera dos desempregados! Será sempre sempre uma PESSOA PROCURADA por Empresários! Terá sempre um bom salário! E, um dia chegará a PATRÃO SE QUIZER!

 

Gerir o dinheiro é uma prioridade, que deverá estar atento para ter uma vida mais tranquila! Mais desafogada.

 

AUTORA MARIA ROBERTSON

 

publicado por Maria às 22:52

10
Mar 12

 

 

 

As nossas finanças pessoais são muito importantes para nós! Elas representam o nosso bem estar e a nossa estabilidade emocional. Assim nós devemos saber como gerir o nosso dinheiro. Nós recebemos o nosso dinheiro: quer através de uma mesada ou ordenado ou rendimento e aí nós já temos um apontamento ou mapa de quanto nós recebemos e das despesas que são obrigatórias, e daquelas despesas que poderemos precisar fazer, por exemplo roupas, sapatos, livros, viagens, etc. Então nós estabelecemos prioridades: 1 Gerir o dinheiro nas coisas semanais e mensais! 2 Gerir o dinheiro nas coisas que eventualmente poderemos precisar! 3 Guardar o Dinheiro que vamos pondo de parte, para termos sempre dinheiro, na conta, e algum em casa.

 

 

MARIA ROBERTSON

publicado por Maria às 22:10

08
Mar 12

Burberry Prorsum Spring, Summer 2012 Collection

 

Burberry Prorsum Spring/ Summer 2012 Collection

 

FELIZ DIA DA MULHER  ás mulheres do mundo inteiro.

 

MARIA ROBERTSON

 

publicado por Maria às 23:15

03
Mar 12

 

Viver com estabilidade financeira! É o desejo de biliões de pessoas, no mundo inteiro. Cada pessoa deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para conseguir ter uma estabilidade financeira. E estar atenta ao dinheiro que ganha e ao dinheiro que gasta. Para ter uma vida calma e tranquila!

Não há nada melhor na vida do que viver uma vida "desafogada"! Por isso é muito importante ganhar dinheiro! E saber gerir bem o dinheiro! Todas as pessoas aprenderam á sua custa, sem escolas, nem professores, no passado, no presente. É tão certo como o sol nasce pela manhã que a pessoa precisa de ganhar dinheiro para se sustentar. SE VIVER NA CIDADE tem muitas coisas onde pode gastar o seu dinheiro. Quer a pessoa ganhe ou não, ela tem as suas coisas pessoais que precisa, como por exemplo: alimentos, roupas, sapatos, malas, creme, espuma de banho ou gel, champos, pasta de dentes, etc. etc. Se é jovem está em casa, A MAMA E O PAPA COMPRA, se já saiu de casa e vive só ou com namorado terá que comprar todas essas coisas. E ainda pagar casa, e a gasolina do carro que já comprou. Então concluimos depois desta reflexão que GANHAR DINHEIRO É MUITISSIMO IMPORTANTE! Há já me esquecia temos de ter uns extras para dar aos necessitados, e a alguns AMIGOS que se estejam em aflição.Temos que ter também uma conta a prazo no BANCO QUE POR NADA DESTE MUNDO SE DEVERÁ MEXER. Salvo se a pessoa for um Empreendedor de VISÃO E FÉ! Fora disto é um alto risco pôr mão nessa poupança. A pessoa deve fazer uma análise da SUA PROFISSÃO, DA SUA CARREIRA, DO TRABALHO QUE AMA FAZER! E FÁZ ISSO MELHOR DO QUE NINGUÉM! Aí vai encontrar estimulo, motivação energia, paixão que é o seu conbustível para manter-se feliz no seu trabalho, ser notado, sem fazer competição com alguém! Por mérito próprio subirá na seu lugar. Onde está se gosta é claro, se não gosta deve procurar procurar até encontrar o que lhe agrada. GANHAR DINHEIRO É O OBJECTIVO DE TODAS AS PESSOAS. TRABALHAR NO QUE GOSTA TAMBÉM.

 

 

AUTORA MARIA ROBERTSON

publicado por Maria às 21:42

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO